LOGO

DEVOCIONAL

DEVOCIONAL

Os benefícios da esperança e paciência

Por Administrador | 28/09/2021

“Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração”. Romanos 12.12


Saber esperar é na verdade uma das principais virtudes que precisamos desenvolver. Isto porque, quando aprendemos a esperar, eliminamos um dos principais problemas do ser humano, “a precipitação”. Muitos por não ter esta virtude, tomaram decisões erradas e hoje estão pagando um preço altíssimo. Este assunto é tão importante que Jesus fez questão de nos ensinar que: “Na paciência possuí a vossa alma”. (Lucas. 21.19).

Assim, temos que cultivar uma esperança persistente e uma paciência que nos leve a resistir na hora da adversidade. Aliás, a bem da verdade a palavra paciência na sua raiz grega, significa resistência. É justamente por isto, que quando somos afligidos pelos problemas da vida, precisamos ter a referida resistência, para suportar o dia mau, e em nome de Jesus vencê-lo. A paciência e a esperança andam juntas, e quem as tem, conseguem resistir de pé todos os problemas da vida. 

Não se alcança a vitória por nossos próprios méritos ou por nossas ações bem planejadas e executadas. O Senhor da história está presente nos acontecimentos e Ele é o autor da própria esperança e consumador da nossa fé. Não demonstramos esperança e paciência, quando somos guiados pela ansiedade na missão do reino de Deus. O que se espera do cristão é a paciente expectativa de caminhar com seus irmãos para a realização da vontade de Deus.

Até porque, Jesus tem demonstrado o quanto é tolerante com a nossa falta de fé, falta de compromisso, falta de discernimento, falta de amor, falta de crença no trabalho dos outros, falta de tolerância com os fracos, e tantas outras faltas. O que seria de nós se Jesus não tivesse tanta paciência conosco? Assim, caro leitor, precisamos desenvolver também, a tolerância pela paciência, especialmente em nossos dias, extremamente marcados pela falta de tolerância nos mais diferentes seguimentos da sociedade. Falta paciência no trato com os filhos, com a esposa, com o marido, com os velhos, que depois de ter dado tudo pela família, nem sempre conta com a paciência de seus familiares no final da vida.

Além da esperança e da paciência, o versículo que destacamos acima, diz que precisamos ser perseverantes na oração. A oração está para a alma, na mesma proporção que a água e o alimento sólido estão para o corpo. Não há como sobreviver espiritualmente, se não mantivermos uma vida disciplinada na oração. Porque, uma vida cristã sem oração, torna-se vazia, desinteressante e a acima de tudo morta espiritualmente.

Deus vos abençoe.

Últimas Fotos


ÚLTIMAS FOTOS

BATISMO NAS ÁGUAS - 28/11/21 -PARTE10

Veja Mais
ÚLTIMAS FOTOS

BATISMO NAS ÁGUAS - 28/11/21 - PARTE 9

Veja Mais
ÚLTIMAS FOTOS

BATISMO NAS ÁGUAS - 28/11/21 - PARTE 8

Veja Mais
ÚLTIMAS FOTOS

BATISMO NAS ÁGUAS - 28/11/21 - PARTE 7

Veja Mais